TABU | É certo a mulher aceitar ir para o motel no primeiro encontro?

12/06/2018 05:24

A questão se resolve no equilíbrio entre razão e desejo

SEXO | Estamos no século 21, ano 2018. Muita coisa mudou em relação ao tempo dos relacionamentos dos nossos avós e até dos nossos pais. No entanto — em particular devido a uma incrível onda conservadora que ronda o nosso País — um velho tabu ainda deixa dúvidas em muita gente, em particular nas mulheres: é certo aceitar o convite de um homem e ir para o motel no primeiro encontro? Ao fazer isso, a mulher corre o risco de ficar mal falada?

Leia também:

É a mulher quem deve decidir sobre seu próprio corpo!

Dia 13, estudantes argentinos saem às ruas pela legalização do aborto!

Matou 14 gatos e sofreu grave acidente depois! Coincidência?

Acesse mais posts interessantes sobre sexo, cultura, educação, lazer, saúde...

O caso não pode ser resolvido com base em questões morais, até porque isso é tarefa para moralistas. A polêmica, na verdade, tem que ser resolvida com base no equilíbrio entre razão e desejo.

A princípio não há qualquer mal ou erro em uma mulher aceitar de pronto tal convite. O que interessa é quem faz o apelo e em que circunstâncias.

Se uma garota conhece um rapaz já há um certo tempo, frequenta seu círculo de amizades e os dois socialmente já se dão bem, de repente, se numa festa ou outro lugar qualquer pinta um clima, rola uns amassos, beijinhos e tal convite é feito, por que não ir, se também tiver com tesão?

Vá. Se o moço é de sua confiança, dê vazão a seus desejos e não se importe com o que os outros - ou até mesmo o rapaz - vão falar depois. Lembre-se que oportunidades perdidas são como flechas lançadas ou palavras ditas, isto é, não voltam mais.

Numa outra situação, se uma mulher, por exemplo, está numa festa e lá conhece alguém que, após também amassos e beijinhos, convida para sair e transar, é bom certa cautela nesse tipo de caso. Alguém mais de sua amizade na festa conhece o moço? Você pelo menos já ouviu falar dele antes? Ele bebeu de mais ou deu algum sinal de que pode ser agressivo?

Se não tiver respostas claras para isso, recuse o convite. Embora a tentação possa ser grande, não corra o risco de ir para um motel, apanhar, ser estuprada e até morta. Casos desse tipo não faltam nas páginas policiais de todo o País.

O certo, portanto, é a cautela. Assim como deve-se ignorar os falsos moralismos que permeiam tal questão, deve-se evitar também as precipitações, para não correr o risco de se dar mal depois.

Leia também:

Você também pode gostar de: