OCDE | Baixos salários afugentam estudantes da carreira de professor!

16/06/2018 16:55

Imagem: arquivo webnode
Imagem: arquivo webnode

Brasil está entre os que pagam pior aos professores

PISO DOS PROFESSORES | Relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico — OCDE  mostra que o salário é uma das principais causas que levam os estudantes a não se interessar pela carreira de professor. "Em países onde os salários dos professores é mais alto, estudantes de 15 anos tendem a desejar mais seguir a profissão. O mesmo ocorre em países onde os professores acreditam que a profissão é valorizada pela sociedade", diz o texto.

Leia também:

FUNDEB | Docentes temem que extinção piore os salários!

BB | É possível pagar melhor os professores, mostram dados do Banco do Brasil!

STF | Ministra veta reajuste e revolta professores de todo o País!

"Enem dos professores" na reta final para aprovação!

Em média, entre os países da OCDE, o salário dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental, do 1º ao 5º ano, com formação superior, é o equivalente a 81% dos salários de outros profissionais com o mesmo nível de formação. Entre os professores do 6º ao 9º ano, o salário equivale a 85% e, entre os do ensino médio, a 89%, dos salários das demais carreiras.

Brasil

No Brasil, professores de escolas públicas ganham, em média, 74,8% do que ganham profissionais assalariados de outras áreas, ou seja, cerca de 25% a menos, de acordo com o relatório do 2º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação (PNE), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Essa porcentagem era, em 2012, 65,2%. (Continua, após o anúncio).

"Acho que é consenso de todos os lados, de todos os campos políticos, que política educacional é caminho para o desenvolvimento do país", diz o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo. "A educação muda a vida da pessoa e, para ter educação de qualidade, tem que ter pessoas animadas com autoestima elevada, com alegria e disposição para fazer o trabalho no dia a dia".

Pagar melhor

A OCDE recomenda que os governantes "considerem melhorias nas condições de trabalho dos professores para tornar a carreira mais atrativa para os melhores estudantes. Ao mesmo tempo, poderiam aumentar o nível de autonomia e responsabilidade, as oportunidades de crescimento intelectual e possibilidades de progressão de carreira que agradem os professores".

Fonte: Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil

Mais sobre educação:

Leia também: